Agência Neurônio
 Ir para a página Inicial da ANEEL  Imagem Superior do Perfil: Informações Técnicas
Informações em tempo real Missão e Visão | Protocolo-Geral | Biblioteca Virtual | Busca | Cadastre-se | Fale Conosco | Processos | Mapa do Site | Links | Serviços | Glossário | English
Informações Técnicas Aumentar o tamanho da fonte. (Atalho: Alt A) Diminuir o tamanho da fonte. (Atalho: Alt D)    
Agenda Regulatória 2014/2015
Agentes no Mercado
Abrir sub-itens de: Audiências / Consultas Audiências / Consultas
Autorizações e Registros
Banco de Informações de Geração
Bandeiras Tarifárias
Cadastro dos Agentes
Cadeia Societária das Empresas de Geração
Campos Elétricos e Magnéticos
Central de Informações Econômico-Financeiras
Abrir sub-itens de: Compensação Financeira Compensação Financeira
Contratos de Concessão/Permissão
Dispêndio CDE
Dispêndio Conta-ACR
Abrir sub-itens de: Distribuição de Energia Elétrica Distribuição de Energia Elétrica
Eficiência Energética
Abrir sub-itens de: Fiscalização Fiscalização
Abrir sub-itens de: Gestão e Estudos Hidroenergéticos Gestão e Estudos Hidroenergéticos
Informações Gerenciais
Abrir sub-itens de: Legislação Legislação
REIDI
Abrir sub-itens de: Serviços Comerciais Serviços Comerciais
Abrir sub-itens de: Tarifas - Agentes do Setor Elétrico Tarifas - Agentes do Setor Elétrico
Abrir sub-itens de: Tarifas - Consumidores Finais Tarifas - Consumidores Finais
Tarifas - Documentos e Memórias de Cálculo
Transmissão
  Clique para abrir o menu. (Atalho p/ Abrir: Alt M | Atalho p/ Fechar: Alt F)
Página Inicial  Informações Técnicas Imagem Seta Página Inicial

Agentes no Mercado | Autorizações e Registros | Banco de Informações de Geração | Bandeiras Tarifárias | Cadastro dos Agentes | Cadeia Societária das Empresas de Geração | Campos Elétricos e Magnéticos | Central de Informações Econômico-Financeiras | Compensação Financeira | Contratos de Concessão/Permissão | Dispêndio CDE | Dispêndio Conta-ACR | Distribuição de Energia Elétrica | Eficiência Energética | Fiscalização | Gestão e Estudos Hidroenergéticos | Informações Georreferenciadas | REIDI | Serviços Comerciais | Tarifas - Agentes do Setor Elétrico | Tarifas - Consumidores Finais | Tarifas - Documentos e Memórias de Cálculo | Transmissão
Texto a procurar   Período de  a   
Aneel aprova reajuste tarifário da Eletropaulo (SP)
29/06/2010

A diretoria colegiada da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou hoje (29), em reunião pública, o reajuste tarifário anual da distribuidora Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S/A. O efeito médio a ser percebido pelos consumidores será de 0,90 %. As novas tarifas entrarão em vigor no próximo dia 4 de julho, após serem publicadas no Diário Oficial da União (DOU).

Confira abaixo os índices que serão aplicados às contas de luz dos consumidores cativos da distribuidora paulista de acordo com a classe de consumo. As novas tarifas já incorporam os efeitos da nova metodologia proposta no Termo Aditivo aprovado pela Aneel na reunião de diretoria do dia 2 de fevereiro deste ano.

Empresa

Classe de Consumo

Área atendida

Baixa tensão

(abaixo de 2,3 kV)

Por ex: residências

Alta tensão

(de 2,3 a 230 kV)

Por ex: indústrias

Eletropaulo

1,03 %

 

A2 (88 a 138 kV): -1,15 % (negativo)

A3a (34,5 kV): - 0,28 % (negativo)

A4 (2,3 a 25kV): 1,5%

AS (Alta tensão em rede subterrânea): -4,6% (negativo)

Média = 1,11 %

Cerca de 6 milhões de unidades consumidoras em 24 municípios da região metropolitana de São Paulo.

 

Os percentuais de reajuste da distribuidora refletem, entre outros fatores, a variação do IGP-M, índice previsto no contrato de concessão para mensurar a inflação no período, os custos com aquisição de energia e o aumento da Conta de Consumo de Combustíveis (CCC), encargo incidente nas tarifas de energia elétrica destinado a subsidiar a geração de energia nos Sistemas Isolados*. O cálculo feito pela Agência considera as diretrizes da Lei n° 12.111/09, originada pela Medida Provisória nº 466/09. Com as novas regras, a CCC, que antes cobria a diferença entre o custo do combustível para a geração de energia nos sistemas isolados e o valor do equivalente hidráulico, passa a suprir a diferença entre o custo total da geração de energia nos sistemas isolados e o custo médio da energia comercializada no Ambiente de Contratação Regulada (ACR).

O valor aprovado para consumidores em baixa tensão enquadrados como baixa renda é diferente dos demais. O percentual de reajuste definido hoje para unidades atendidas pela Tarifa Social será de – 6,5 % (negativo).

Ao calcular os índices, a Agência considera a variação de custos que a empresa teve no decorrer do período de referência. A fórmula de cálculo inclui custos gerenciáveis e custos não-gerenciáveis como energia comprada de geradoras, encargos de transmissão e encargos setoriais.

Mais informações sobre os processos de reajustes tarifários podem ser consultadas no endereço eletrônico da Aneel (www.aneel.gov.br), perfil espaço do consumidor, na cartilha "perguntas e respostas sobre tarifas de distribuidoras de energia elétrica".

-------------------------------

*Sistemas Isolados: são sistemas elétricos instalados principalmente na região Norte do país, e não integrantes do Sistema Interligado Nacional.


   Imprimir esta página Imprimir    Indique para um amigo Indique para um amigo