GERAÇÃO

Audiência Pública discutirá contabilização do mercado de curto prazo

Autor: ASSESSORIA DE IMPRENSA

Publicação: 30/11/2017 | 11:41

Última modificação: 30/11/2017 | 11:44

 

Começa hoje (30/11) prazo para envio de contribuições à audiência pública que discutirá o aperfeiçoamento do tratamento das exposições residuais decorrentes da insuficiência de recursos para alívio das exposições negativas no âmbito da contabilização do mercado de curto prazo. A medida foi aprovada na última terça-feira (28/11) durante reunião pública da Diretoria.

O pedido para discutir o assunto foi feito pela Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Energia Elétrica (Apine) que, durante o histórico da operação do sistema, verificou que o intercâmbio efetivamente realizado ocorreu em níveis inferiores ao do intercâmbio programado. Em razão disso, o excedente financeiro não foi suficiente para cobrir as exposições negativas, o que teria originado as exposições residuais.

A Associação também informou que a sistemática de utilização do excedente financeiro para alívio de Encargo de Serviços do Sistema - ESS teria permitido que o montante financeiro disponível para evitar a ocorrência de Exposições Residuais se reduzisse. De acordo com a Apine, o montante acumulado do excedente financeiro (R$ 11.868 milhões) teria sido maior do que o das exposições financeiras negativas acumuladas (R$ 10.570 milhões). Parte desse montante (R$ 2.428 milhões), no entanto, teria sido usada, para aliviar o ESS.

As sugestões devem ser encaminhadas no período de 30/11 a 19/1/18 para o e-mail: ap072_2017@aneel.gov.br ou por correspondência para o endereço da Agência (SGAN, Quadra 603, Módulo I, Térreo, Protocolo Geral, CEP: 70830-110), Brasília (DF).