INOVAÇÃO

Encerrado maior evento de inovação e eficiência do setor elétrico brasileiro

Terminou na tarde desta sexta-feira (4/8) o IX Congresso de Inovação Tecnológica em Energia Elétrica (CITENEL) e V Seminário de Eficiência Energética no Setor Elétrico (SEENEL).

Autor: ASSESSORIA DE IMPRENSA

Publicação: 04/08/2017 | 16:16

Última modificação: 08/08/2017 | 14:35

Citenel Seenel 2017

Terminou na tarde desta sexta-feira (4/8) o IX Congresso de Inovação Tecnológica em Energia Elétrica (CITENEL) e V Seminário de Eficiência Energética no Setor Elétrico (SEENEL). Realizado em João Pessoa (PB), o evento teve o maior número de congressistas de todas suas edições, com cerca de 1,2 mil congressistas. Participaram do encerramento os diretores da ANEEL André Pepitone da Nóbrega, José Jurhosa Junior e Tiago Correia; o secretário de Energia do Ministério de Minas e Energia, Fábio Lopes e o vice-presidente de Suporte ao Negócio do Grupo Energisa Roberto Carlos Pereira Currais. Ao final, foram premiados os trabalhos destacados pelo público.

A edição de 2017 do Citenel e Seenel contou com um público total inscrito de 2.691 participantes. Foram 1.189 congressistas, o maior público desde a primeira edição do evento em Brasília, que em 2001 teve 329 participantes, e do primeiro Seenel em Belém (PA), em 2009, que com o V Citenel registrou 715 pessoas. Em João Pessoa, a visitação escolar alcançou 1.295 alunos que visitaram a mostra de produtos, além de 622 pessoas que trabalharam diretamente no evento.

A programação do evento contou com apresentações técnicas e quatro painéis de debates sobre inovação no setor elétrico brasileiro. Especialistas nacionais e internacionais apresentaram e debateram suas visões sobre o futuro do setor elétrico e das relações entre seus atores.

O Citenel e Seenel são realizados a cada dois anos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) para apresentação e discussão de resultados alcançados pelos projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) e de Eficiência Energética (EE) das empresas reguladas pela ANEEL. Nesta edição, a distribuidora anfitriã foi a Energisa Paraíba.


Destaques

Entre os trabalhos apresentados, aqueles melhor avaliados pelos congressistas foram premiados no encerramento do Citenel e Seenel.


Experiência internacional

O último dos painéis temáticos foi “Experiências Internacionais Bem Sucedidas na Implementação de Políticas Públicas em Eficiência Energética” e trouxe casos internacionais nos quais consumidores apresentaram grande potencial de ganhos do ponto de vista eficiência energética. O moderador foi o diretor da ANEEL Tiago Correia e, os debatedores, o diretor executivo da International Partnership for Energy Efficiency Cooperation (IPEEC), Benoît Lebot; o professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Gilberto de Martino Jannuzzi; professor da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), Jamil Haddad; e a diretora e fundadora da Indicia Consulting: qualitative research and strategic advising firm in the behavior and sustainability space, Susan Mazur-Stommen.

Exposição e sessões técnicas. Os visitantes continuaram a prestigiar os 27 estandes e cerca de 90 produtos expostos, resultado de projetos desenvolvidos pelas concessionárias de energia elétrica, regulados pela Agência. No estande da ANEEL prosseguiram as visitas dos estudantes de níveis fundamental e intermediário de escolas públicas da Paraíba.

Neste segundo dia de sessões técnicas, 40 trabalhos foram apresentados por especialistas de diversos segmentos do setor elétrico brasileiro. Somadas, às sessões técnicas do Citenel e Seenel resultaram em 120 apresentações de trabalhos foram escolhidos pela ANEEL entre os 350 de P&D e os 40 de Eficiência Energética submetidos à seleção para o evento.

Os trabalhos contemplam diversas categorias: “Qualidade e Confiabilidade (QC)”, “Fontes Alternativas(FA)”, “Comércio e Serviço(CS), Chamada Pùblica (CP) e Gestão de Programa(GP)”, “Eficiência Energética(EE)”, “Segurança(SE)”, “Gestão e Bacias (GB) e Meio Ambiente(MA)”, “Operação(OP)”, “Medição e Faturamento(MF) e “Supervisão e Controle(SE)”, “Redes Inteligentes (RI) e Gestão de P&D(GP)”, “Fontes Alternativas(FA)”, “Baixa Renda(BR), Residencial(RE)”, “Comércio e Serviços(CS), Industrial(IN) e Fontes Incentivadas(FI)”, “Novos Materiais(NM”), “Meio Ambiente(MA)” e “Supervisão e Controle(SE)”.

Esses temas encontram-se na 7ª edição da Revista de P&D e na 3ª edição da Revista de Eficiência Energética. A Revista de P&D apresenta 23 projetos, suas contribuições desenvolvimento tecnológico do setor e potencial de aplicabilidade. A revista traz ainda artigos técnicos sobre os desafios e as perspectivas da inovação no setor de energia elétrica.  A Revista de Eficiência Energética apresenta artigos de especialistas e 20 informes técnicos com projetos desenvolvidos por concessionárias de energia elétrica. Nos links, você pode baixar cada uma das publicações.

Regulamentação e resultados. As concessionárias de serviços públicos de distribuição, transmissão ou geração de energia elétrica, as permissionárias de distribuição e as autorizadas à produção independente de energia elétrica (exceto as que geram energia exclusivamente a partir de instalações eólica, solar, biomassa, cogeração qualificada e pequenas centrais hidrelétricas) devem aplicar, anualmente, um por cento (1%) de sua Receita Operacional Líquida (ROL) em projetos de Eficiência Energética e de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Setor de Energia Elétrica (P&D), segundo regulamentos estabelecidos pela ANEEL.

Entre os principais resultados dos Programas de Eficiência Energética (PEE) estão os recentes contratos de desempenho entre ANEEL e a Companhia Energética de Brasília (CEB) e outro entre a Light e a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) - que beneficiam milhares de consumidores de energia elétrica, com ganhos para a sociedade e para o setor. Esses contratos pioneiros serão modelo e referência para que sejam firmados contratos de desempenho energético no setor público brasileiro. O mesmo ocorre com os produtos gerados no âmbito dos projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), com seus produtos que tornam a Exposição dos eventos ainda mais interessante e inovadora.

Veja o site do evento em http://www.citenelseenel2017.com.br/