TRANSMISSÃO

Expansão da transmissão: 775 MVA em transformadores de subestações concluídos em setembro

Autor: AID

Publicação: 19/10/2020 | 09:32

Última modificação: 19/10/2020 | 09:39

 

De acordo com os registros da Agência Nacional de Energia Elétrica, foram concluídos no Brasil em 2020, até o mês de setembro, 3.687,04 quilômetros de novas linhas de transmissão e 11.237 megavolt-ampères (MVA) em transformadores de subestações. Os quantitativos estão no infográfico de expansão da transmissão divulgado pela ANEEL, a partir de dados da fiscalização da Agência e do Operador Nacional do Sistema (ONS).



O mês contou com a conclusão de 775 MVA em capacidade de transformação, instalados em empreendimentos nos estados do Pará e do Espírito Santo. Na Subestação Marituba, no Pará, foram concluídos o seccionamento das linhas de transmissão em 230 kV Guamá / Utinga C1 e C2 e a instalação de dois transformadores trifásicos 230/69/13,8kV, totalizando 400 MVA em capacidade de transformação. Também no Pará, na Subestação Carajás, concluiu-se a instalação do terceiro autotransformador 230/138kV, adicionando 225 MVA à capacidade de transformação. Na Subestação Verona, no Espírito Santo, foi concluída a instalação do segundo banco de transformadores 230/138/13,8 kV, ampliando a capacidade de transformação em 150 MVA.

O Brasil reunia, até setembro, 158.386,75 km de linhas de transmissão e 384.122,4 MVA de capacidade de transformação. Os estados com maior quilometragem concluída de linhas de transmissão em 2020 são, nessa ordem, São Paulo (782,09 km), Bahia (749 km), Pará (375 km) e Rondônia (319 km). Em potência ativa acumulada no ano, estão na dianteira São Paulo (3.607 MVA), Goiás (1.619 MVA), Minas Gerais (1.275 MVA) e Ceará (750 MVA).

Apesar do cenário de pandemia da Covid-19, a ANEEL tem mantido normalmente o acompanhamento da expansão da transmissão de energia elétrica no Brasil. Entre as inovações em implantação pela fiscalização da Agência está, por exemplo, o uso de tecnologias que permitem o acompanhamento permanente de obras por meio de imagens de satélite de alta resolução.

Mais informações sobre o acompanhamento da expansão da transmissão de energia estão disponíveis na área Painéis de Desempenho da Transmissão, em www.aneel.gov.br/fiscalizacao-da-transmissao. É possível verificar, entre outros, dados detalhados para cada um dos empreendimentos de transmissão, um panorama geral das obras em andamento, dados e indicadores de desempenho dos empreendimentos em operação e também de grupos de transmissoras.

 

 

Link curto para esta página: bit.ly/31kuT8V