LEILÃO

O lote 10, no Rio Grande do Sul, foi arrematado pelo Consórcio Chimarrão

Autor: ASSESSORIA DE IMPRENSA

Publicação: 20/12/2018 | 14:6

Última modificação: 20/12/2018 | 14:8

 

O Consórcio Chimarrão (CYMI Construções e Participações S.A., 50% e Brasil Energia Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia, 50%) arrematou o lote 10, com oferta de R$ 219,5 milhões, deságio de 42,38% em relação à Receita Anual Permitida (RAP) inicial estabelecida pela Agência de R$ 380,9 milhões.

O consórcio vencedor ofereceu a menor RAP em relação ao teto estabelecido pela Agência. A RAP é a receita a que o empreendedor terá direito pela prestação do serviço de transmissão a partir da entrada em operação comercial das instalações.

O empreendimento do lote 10 visa a integração do potencial eólico do estado do Rio Grande do Sul, especialmente na região do Escudo Rio-grandense, litoral sul e Costa da Lagoa dos Patos.

As obras têm prazo de 48 meses e expectativa de geração de 6.088 empregos diretos.

Acompanhe o resultado do leilão, por lote no site da ANEEL.