Cidadãos

Agentes

Públicos Institucionais


Cidadãos

Agentes

Públicos Institucionais


Pesquisa on-line

por: SGI - publicado: 03/03/2016 11:33, última modificação: 03/03/2016 15:39

É efetuada nas diversas bases de dados (Legislação, Analíticas, Periódicos e Obras: CDs, DVDs, Livros, Mapas, Trabalhos acadêmicos etc) do Centro de Documentação e Informação - CEDOC da Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL e possui três tipos: Busca Rápida, Busca Combinada e Legislação.

Para obter outras informações, clique nos respectivos links abaixo.

 Atos do Dia

Lista os atos do dia publicados pela ANEEL no Diário Oficial da União e que estão disponíveis no Sistema de Consulta da Biblioteca Virtual.

 Consultar Legislação (Legislação)

Criada especificamente para recuperar somente atos legislativos (Decretos, Despachos, Portarias, Resoluções e Resoluções Normativas etc.) publicados pelo Ministério de Minas e Energia - MME e por outros órgãos, bem como referentes a Agência Nacional de Energia Elétrica - Aneel e do extinto Departamento Nacional de Águas e Energia Elétrica - DNAEE. O usuário deve preencher um ou mais campos - "Norma, Órgão de Origem, Ementa, Texto Integral, Assuntos, Resp. Intelectual, Número, Ano, Assinatura, Publicação, Processo etc".

  Consultar Acervo (Busca Rápida)

 É a forma mais simples de fazer a consulta nas bases de dados da Biblioteca Virtual. O usuário pode buscar a informação desejada em "Todos os Campos" da descrição do documento ou selecionar o campo desejado - "Título, Autor, Assunto, Editora, ISBN/ISSN, Série ou Descrição Completa".

  Consultar Acervo (Busca Combinada)


Elaborada para usuários que desconhecem os nomes dos campos, a manipulação dos operadores de pesquisa, uma vez que estes estão determinados na tela, cabendo ao usuário digitar as informações e identificar/selecionar o(s) campo(s) e operador(es) de pesquisa de interesse para conexão com o assunto seguinte, assim como os tipos de materiais existentes nas bases de dados, o idioma da obra etc.

  Inventários Hidrelétricos

 Este espaço é destinado aos interessados que desejam localizar os estudos de inventários hidrelétricos aprovados e disponíveis para consulta no Centro de Documentação – CEDOC da ANEEL, assim como suas informações complementares: sub-bacia(s), aproveitamento(s) hidrelétrico(s) - AHE´s, U.F, Ato legal de aprovação, número de processo, quantidade de anexos em papel, CD-ROM e/ou DVD disponíveis para empréstimos e/ou cópias etc.

  Normas de Organização

Lista as Normas de Organização da ANEEL, que dispõem sobre os diversos procedimentos internos, bem como lista os atos oficiais que as aprovam e as alteram.

  Súmulas

Lista todas as Súmulas publicadas pela ANEEL, bem como lista os atos oficiais que as aprovam.

 Vocabulário Controlado

 O Vocabulário Controlado da ANEEL é uma ferramenta criada para auxiliar os profissionais da informação, que trabalham com a descrição de assuntos e representação das informações contidas em documentos referentes ao Setor Elétrico Brasileiro.

 cedoc@aneel.gov.br


Centro de Documentação

por: SGI - publicado: 03/03/2016 11:24, última modificação: 03/03/2016 11:26

O Centro de Documentação da Agência Nacional de Energia Elétrica - Aneel, originou-se a partir da Biblioteca do Departamento Nacional de Águas e Energia Elétrica – DNAEE, implantada em setembro de 1984. Com a extinção do Ministério de Minas e Energia – MME e a criação do Ministério da Infra-Estrutura – Minfra, em 1990, a biblioteca foi desativada, retomando seu trabalhos em novembro de 1991 com o acervo remanescente da área de Recursos Hídricos.

Com a criação da Aneel, pela Lei nº 9.427 de 26 de dezembro de 1996 e regulamentada pelo Decreto nº 2.335 de 6 de outubro de 1997, passou a denominar-se, de fato, Centro de Documentação - Cedoc, como um Subprocesso da Superintendência de Gestão Técnica da Informação - SGI.

Missão

Coletar, processar, tratar, armazenar e disseminar as informações dos acervos bibliográfico, cartográfico, iconográfico, sonoro e de atos legislativos, propiciando a promoção do conhecimento dos usuários da ANEEL e do público externo e da utilização de novas tecnologias da informação.

Acervo

Atualmente o CEDOC possui um acervo de aproximadamente 159.590 documentos, entre artigos de periódicos (jornais e revistas), atos legislativos, inventários hidrelétricos, livros e materiais especiais (CDs, DVDs, fitas cassetes de áudio e vídeo e mapas) sobre assuntos relacionados a energia elétrica e recursos hídricos.

Endereço e Horários:

Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL

Centro de Documentação - CEDOC 
SGAN 603 Módulo J - Térreo 
Telefone: (0XX61) 2192 - 8668 / 8392 
CEP 70.830-110 Brasília - DF 
Horário: 07:30 às 19:30 horas. 
E-mail: cedoc@aneel.gov.br


Solicitar dados via acesso à informação

Por meio do Serviço de Informações ao Cidadão (SIC), a ANEEL disponibiliza atendimento aos cidadãos que desejem apresentar pedido de informação pública.

null

null

null

null


Fazer reclamação sobre a Distribuidora

Quer reclamar e não sabe por onde começar? Veja aqui as orientações da ANEEL para garantir que seu direito como consumidor de energia seja respeitado.

Visitar a sede da ANEEL, localizada em Brasília

Caso sua demanda só possa ser respondida presencialmente, a ANEEL e suas Unidades Organizacionais o aguardam em sua sede localizada em Brasília/DF.

Enviar um documento à ANEEL

O Protocolo-Geral é responsável pela recepção, cadastramento, digitalização, distribuição e expedição dos documentos da ANEEL. Veja aqui as orientações para o envio.


Tarifas

Entenda a composição da tarifa de energia, como é calculada e como isso interfere no seu bolso.


Espaço do consumidor

Aqui o consumidor encontra de forma rápida informações uteis para seu dia a dia relativas ao setor elétrico.

Informações Técnicas

Concentra as Informações Técnicas da Agência, informações ao empreendedor e de pesquisa e eficiência.

Participação Pública

O consumidor colaborando com a regulação do setor de energia elétrica.


Acesso à informação

Página que reflete a transparência da Agência e atende à Lei de Acesso à Informação

A ANEEL

Conheça a ANEEL, saiba o que faz e como funciona.

Serviços

A Carta de Serviços ao Cidadão disponibilizada de forma atualizada e intuitiva.


Cadastro para acesso a sistema da ANEEL

por: SCR - publicado: 02/03/2016 10:22, última modificação: 02/03/2016 10:26

Nesta área, você poderá realizar ou modificar o cadastro para acesso a:

  • Consulta Processual
  • Protocolo Digital
  • CIEFSE
  • Editais de transmissão
  • Leilões

Cadastro para acesso aos sistemas

por: SCR - publicado: 02/03/2016 10:22, última modificação: 15/03/2016 00:15

Nesta área, você poderá realizar ou modificar o cadastro para acesso aos seguintes sistemas da ANEEL:

  • Consulta Processual

  • Protocolo Digital

  • CIEFSE

  • Editais de transmissão

  • Leilões


Gestão Estratégica

por: GDG - publicado: 26/02/2016 17:19, última modificação: 11/03/2016 13:42

A Gestão Estratégica da ANEEL é o processo contínuo de monitoramento, avaliação e revisão dos processos da instituição, que levam à produção de resultados na forma de produtos (bens ou serviços). O Gabinete do Diretor Geral (GDG) é a unidade responsável pelo planejamento e pela gestão estratégica, bem como pelo aprimoramento do modelo de gestão da ANEEL.

A ANEEL lança mão de uma série de ferramentas para tal gestão, expostas em detalhe abaixo.

Agenda Regulatória

A Agenda Regulatória para o período 2015-2016, aprovada pela Diretoria da ANEEL na 47ª Reunião Pública Ordinária de 2014, realizada em 16 de dezembro de 2014, foi revisada na 23ª Reunião Pública Ordinária de 2015, pela Portaria nº 3.604, de 30 de junho de 2015. A revisão teve por objetivo permitir a inclusão do cumprimento da Agenda Regulatória como iniciativa do Planejamento Estratégico da ANEEL e, consequentemente, como meta institucional da Agência para o ciclo 2015-2016.

Além disso, em função das alterações organizacionais implantadas em acordo com o disposto na Resolução Normativa no 645/2014, tornaram necessárias a racionalização e a redistribuição das atividades previstas anteriormente entre as Superintendências, além de ajustes de cronograma necessários frente aos novos desafios identificados com as mudanças realizadas. Como resultado da revisão, o conjunto de atividades passou a ser tratado em 41 temas, com os respectivos cronogramas, para o período restante do ciclo bienal de trabalhos da Agência iniciado em 2014, com atualização anual.

Monitoramento e Controle

Em vista da adequação da estrutura da Agência, a sistemática de monitoramento definida originalmente para o planejamento estratégico foi ajustada, passando a iniciar-se no acompanhamento e avaliação das iniciativas estratégicas, quanto aos resultados obtidos.

Cada iniciativa é tratada como um projeto estratégico e coordenada por uma unidade organizacional. A maior parte das iniciativas são transversais, ou seja, abrangem a atuação de diversas unidades na busca pelo alcance dos objetivos estratégicos aos quais se vinculam. Os indicadores estratégicos também possuem uma unidade organizacional responsável por sua proposição, apuração e interpretação.

Reuniões de Gestão

Em 2015, a ANEEL optou por substituir as Reuniões de Análise Estratégica (RAE), por espaços para a discussão do planejamento estratégico nas Reuniões de Gestão. As reuniões de gestão são encontros mensais, com objetivo de promover a discussão sistemática entre os líderes da ANEEL a respeito de temas de interesse comum, relacionados ao direcionamento estratégico e à gestão.

Periodicamente as unidades organizacionais coordenadoras de iniciativas são instadas a prestarem contas ao GDG, que após consolidação apresenta os resultados ao CPE. No acompanhamento, as unidades coordenadoras têm o dever de informar aspectos do andamento da iniciativa como por exemplo: entregas programadas realizadas no prazo, eventuais entregas antecipadas, e justificativas para atrasos ocorridos.

Em geral, a cada trimestre o planejamento estratégico é pauta em reuniões de gestão. Nessas oportunidades discute-se o andamento das iniciativas, ajustando a estratégia aos desafios surgidos no ambiente no qual a ANEEL está inserida, com o foco na manutenção do alinhamento entre iniciativas e objetivos estratégicos.

Indicadores Estratégicos

De maneira semelhante às iniciativas, os indicadores estratégicos são acompanhados pelo CPE, em reunião de gestão, segundo a periodicidade definida nos formulários de proposição de cada indicador. Em 2015, como efeito da edição da REN/ANEEL nº 645/2014, os indicadores estratégicos passaram por processo de reformulação e racionalização, sendo que a validação deles ocorreu na reunião de gestão de dezembro de 2015 e nesse momento encontram-se em processo de consolidação e apuração. O Mapa Estratégico da ANEEL passou a ser medido por 37 indicadores. 

Gestão de Riscos

Quanto à identificação de riscos, podem ser destacados as restrições orçamentária e financeira ainda mais severas que impactem a ANEEL e a obsolescência do atual quantitativo de pessoal efetivo previsto na Lei 10.871/2004 em contraste com a crescente demanda do setor elétrico, salientando que a Agência ainda não atingiu a completude de seu quadro de pessoal.

Embora não haja um plano formal de resposta aos riscos, em um cenário complexo como o do setor elétrico e diante da crescente necessidade de atuação da Autarquia, dois cursos de ação podem ser identificados inicialmente: redimensionar os quadros de pessoal efetivo mediante concurso e modernizar os processos de trabalho.

A primeira opção tem um curso de ação de médio-longo prazo e um nível de incerteza alto, pois depende de iterações com os poderes Executivo e Legislativo e do cenário econômico e institucional. O reforço do quadro atual pela reposição das citadas vacâncias constitui ação de curto a médio prazo e de viabilização mais simples. A ação de modernização dos processos depende de capacitação e de investimento em tecnologia da informação.  

Dessa maneira os impactos desses riscos nas iniciativas do planejamento estratégico da ANEEL são percebidos da seguinte forma:

  • Necessidade de reavaliação de cronogramas e entregas, uma vez a dependência intensiva do mesmo homem-hora efetivo para execução das atividades de rotina e dos projetos estratégicos;
  • Necessidade de adiamento, ou até cancelamentos de projetos em virtude de falta de recurso.

 

 


Gestão de recursos tarifários

por: SGT - publicado: 24/02/2016 20:19, última modificação: 24/02/2016 20:21

Teve uma origem humildís, nascendo no Morro da Cachoeirinha, subúrbio do Rio de Janeiro e estudando durante quase uma década em um colégio interno, obtendo o diplomís de ajustador mecâniquís.

Mussum ainda serviu a Força Aérea Brasileira durante oito anos, depois desta fase formou o grupo Os Sete Modernoscom os amigos, posteriormente conhecido como Os Originais do Samba. O grupo fez muito sucesso pelo seu figurino colorido durante a década de 1970, apresentando-se em diversos países.