LEILÃO

ANEEL aprova edital de leilão de energia para suprimento a Boa Vista e localidades

Autor: ASSESSORIA DE IMPRENSA

Publicação: 23/04/2019 | 18:1

Última modificação: 29/04/2019 | 17:10

A Diretoria da ANEEL aprovou hoje (23/4), durante reunião pública, o edital do Leilão de Geração 01/2019, para suprimento a Boa Vista e localidades conectadas. O leilão será realizado em 31 de maio deste ano, na sede da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), em São Paulo, por meio de sistema eletrônico. A iniciativa é uma medida estruturante para melhorar a qualidade do fornecimento no estado de Roraima.

O edital traz inovações no que diz respeito à contratação, uma vez que será possível adquirir soluções de suprimento sem a figura de um único supridor, com diversos tipos de tecnologias e combustíveis, contendo ou não tecnologia de armazenamento de energia. Essas diretrizes buscam alterar a matriz energética a partir de fonte renovável, com armazenamento de energia e usinas híbridas, que buscam a diminuição do consumo anual de geração de energia no local. O início do suprimento está previsto para 28 de junho de 2021.

Com relação à sistemática, estão previstas duas fases sequenciais: a primeira destinada exclusivamente ao produto POTÊNCIA (produto de entrega que consiste em disponibilidade de potência e a respectiva energia associada), e a segunda ao produto ENERGIA (produto de entrega que consiste na produção anual de energia). A segunda fase fica condicionada ao montante contratado no produto potência em face da demanda requerida pelo Ministério de Minas e Energia a ser comercializada no certame. Um dos critérios de classificação é a capacidade remanescente de escoamento no sistema de distribuição. Além disso, serão negociados Contratos de Comercialização de Energia nos Sistemas Isolados (CCESIs) diferenciados por tipo de produto e fonte primária de energia, com prazo de vigência conforme disposto abaixo:  

Produto

Fonte Primária de Energia

Prazo de Vigência do CCESI (anos)

Potência

  Gás Natural ou renovável, ou composição delas

15

Potência

  Quaisquer outras, desde que não seja Gás Natural ou renovável

7

Energia

  Renovável

15

 

 

 

 

“Um workshop será realizado no Ministério de Minas e Energia no dia 8 de maio para detalhar o leilão”, explicou, durante a reunião, o  diretor da ANEEL Sandoval Feitosa, relator do processo.

Confira abaixo os preços-teto do Leilão:

a) PRODUTO ENERGIA: R$ 409,00/MWh e

b) PRODUTO POTÊNCIA – SUBPRODUTO GÁS E RENOVÁVEIS E SUBPRODUTO DEMAIS FONTES: R$ 1.078,00/MWh

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) registrou o cadastramento de 156  projetos, sendo 79 para o produto potência, que somam 4.761 MW de capacidade instalada, e 77 para o produto energia, que totalizam 1.245 MW.