BANDEIRA TARIFÁRIA

Bandeira tarifária verde em dezembro

Condições favoráveis de geração propiciam mudança.

Pesquisar Noticias

Período de: a
Voltar

Evento da ANEEL debate participação social nos projetos hidrelétricos nesta quinta-feira (20/9)

WORKSHOP

Evento da ANEEL debate participação social nos projetos hidrelétricos nesta quinta-feira (20/9)

A ANEEL realizará nesta quinta-feira, 20 de setembro de 2018, na sede da Agência, o 1º Workshop “Inventários Hidrelétricos Participativos”.

Autor: ASSESSORIA DE IMPRENSA

Publicação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataCriacao)

Última modificação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataModificacao)

A ANEEL realizará nesta quinta-feira, 20 de setembro de 2018, na sede da Agência, o 1º Workshop “Inventários Hidrelétricos Participativos”. O evento discutirá mecanismos para ampliar a participação de representantes das instituições relacionadas ao meio ambiente, das comunidades tradicionais e indígenas, empreendedores, instituições governamentais e do Judiciário no processo de estudos e implantação de empreendimentos hidrelétricos.

O evento será iniciado às 9h com a abertura do diretor Sandoval Feitosa. Haverá transmissão ao vivo pelo Facebook e Youtube da ANEEL.

O Brasil explora, atualmente, menos de 50% do seu potencial hidráulico e é preciso analisar, com a participação de todos os interessados, a maneira mais adequada de viabilizar novas usinas. Neste sentido, o foco do workshop será o aperfeiçoamento das etapas de planejamento e de elaboração de estudos de inventário, fase inicial do processo de expansão hidrelétrica no país.

A matriz elétrica brasileira é ambientalmente limpa e aderente aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). Empreendimentos de geração renovável representam hoje 80% de toda a geração instalada em nosso país. São 107.000 MW instalados em usinas hidrelétricas, mais de 11.000 MW em usinas à biomassa, 13.000 MW em centrais geradoras eólicas e cerca de 1.300 MW de centrais geradoras fotovoltaicas.

O aproveitamento do potencial hidráulico brasileiro possibilita o uso múltiplo das águas, com a regularização das vazões dos rios brasileiros, controle de cheias, irrigação e navegação, dentre outros.

Acesse a programação