FRAUDE

Atenção: e-mails fraudulentos em nome da ANEEL

Nos últimos dias, têm chegado à Ouvidoria Institucional da Agência (OIN) relatos de consumidores reportando o recebimento de supostas mensagens da ANEEL acerca de cobranças de irregularidades.

Pesquisar Noticias

Período de: a
Voltar

Diretores da ANEEL defendem importância da fonte hídrica na matriz elétrica

GERAÇÃO

Diretores da ANEEL defendem importância da fonte hídrica na matriz elétrica

Autor: ASSESSORIA DE IMPRENSA

Publicação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataCriacao)

Última modificação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataModificacao)

 

Diretores da ANEEL defenderam, durante a reunião colegiada desta terça, a importância das usinas hidrelétricas no sistema elétrico brasileiro e lembraram de projeto de uma nova usina na região Norte do país, denominada UHE Tabajara, que deverá ser licitada no próximo leilão de geração A-6.

“A fonte hidráulica tem papel primordial na matriz elétrica nacional e não investir nesse recurso torna cada vez mais complexa a operação do Sistema Interligado Nacional. Sob o ponto de vista operacional, a  geração hidráulica tem característica única, pois consegue atender bem a geração de base  e também os períodos de ponta”, disse o diretor-Geral da ANEEL, André Pepitone.

O diretor da ANEEL Efrain Pereira da Cruz lembrou que a ANEEL já deu, em janeiro de 2017, o aceite aos Estudos  de Viabilidade Técnica-Econômica da usina de Tabajara, em Rondônia. Trata-se de projeto para a construção de uma usina de 400 MW no rio Ji-Paraná, no município de Machadinho d´Oeste (RO).

O diretor lembrou que a Eletronorte já protocolou todas as exigências apontadas Pelo IBAMA no EIA/RIMA, bem como apresentou na FUNAI o estudo do componente indígena para que a usina possa, como planeja a ANEEL, estar no próximo leilão de geração.

“A usina já estava pronta para entrar no leilão de agosto, mas acreditamos que estará no próximo, para o qual ainda lançaremos o edital”, disse Efrain.