App ANEEL Consumidor

CONSUMIDOR

ANEEL lança APP para modernizar interação com consumidor e ajudar a entender tarifa

A ANEEL lançou nesta terça-feira (13/11) o aplicativo para celulares ANEEL Consumidor, um novo canal de acesso para aproximar ainda mais os consumidores de energia elétrica da Agência

Pesquisar Noticias

Período de: a
Voltar

ANEEL recebe analistas de investimentos para tratar de temas do setor elétrico

TRANSPARÊNCIA

ANEEL recebe analistas de investimentos para tratar de temas do setor elétrico

Autor: ASSESSORIA DE IMPRENSA

Publicação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataCriacao)

Última modificação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataModificacao)

 

Em linha com seus compromissos com a transparência e o diálogo, a ANEEL realizou hoje (26/10) o XVII Encontro da ANEEL com Analistas de Investimentos do Setor Elétrico para debater temas da ordem do dia, como os leilões promovidos pela agência e a busca de uma solução para o risco hidrológico (GSF).

O Diretor-geral da ANEEL, André Pepitone, diante da atuação colegiada da Agência, convidou a diretoria a participar do encontro com os analistas do mercado.

Foram tratados de diversos temas na reunião. Os analistas tiraram dúvidas, com os diretores e técnicos da ANEEL, sobre os próximos leilões como o de novas linhas de transmissão, previsto para 20 de dezembro deste ano, e o de energia existente “A-1” e “A-2”, que deve ocorrer em 7 de dezembro.



Os analistas presentes saudaram a iniciativa da ANEEL de buscar uma solução para solucionar a questão do risco hidrológico.

A agência recebeu na quarta-feira passada (24/10) representantes dos cinco agentes geradores mais impactados pelo GSF e apresentou iniciativas para uma solução infralegal do tema.

“Queremos reposicionar a Agência no mercado, para que busquem as soluções para os problemas do setor na ANEEL, e não na Justiça ou no Congresso Nacional”, disse Pepitone aos analistas.

Outro tema abordado na reunião de hoje foi o das novas tecnologias do setor, como a geração distribuída, as redes inteligentes e o carro elétrico.

“A ANEEL tem a visão de ser um facilitador para as novas tecnologias, como a geração distribuída, que ainda deve crescer muito no Brasil”, disse o diretor Rodrigo Limp.