App ANEEL Consumidor

CONSUMIDOR

ANEEL lança APP para modernizar interação com consumidor e ajudar a entender tarifa

A ANEEL lançou nesta terça-feira (13/11) o aplicativo para celulares ANEEL Consumidor, um novo canal de acesso para aproximar ainda mais os consumidores de energia elétrica da Agência

Pesquisar Noticias

Período de: a
Voltar

Desligamentos de linhas de transmissão recuam com novo modelo de fiscalização da ANEEL

FISCALIZAÇÃO

Desligamentos de linhas de transmissão recuam com novo modelo de fiscalização da ANEEL

Autor: ASSESSORIA DE IMPRENSA

Publicação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataCriacao)

Última modificação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataModificacao)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) está  colhendo os primeiros resultados de um novo modelo de fiscalização do sistema de transmissão de energia elétrica.

O projeto de fiscalização estratégica, iniciado em 2015, tem reduzido continuamente o número de  desligamentos forçados de linhas, causados, entre outros motivos, por queimadas.

Usando tecnologia de ponta, como georreferenciamento, data analytics, comunicação e integração ente empresas e sociedade, por meio de campanhas de comunicação, com foco na prevenção, essa nova estratégia de atuar da SFE (Superintendente de Fiscalização dos Serviços de Eletricidade) tem como objetivos modernizar os processos e realizar um acompanhamento contínuo preventivo.

O antigo modelo de fiscalização tinha como base a realização de diligências, notificação e cobrança de multas que demoram para ser concluídos, e, principalmente, tinha pouca ou limitada efetividade. O atual modelo prioriza a prevenção e se divide em quatro etapas: Monitoramento, Análise, Acompanhamento e Ação fiscalizadora.

Segundo o superintendente da SFE, Giácomo Bassi, o objetivo da agência é buscar a melhoria da qualidade, por meio de diversos instrumentos, que não somente a punição. O foco é no resultado, na prestação de um serviço adequado. “Nós queremos ser provocadores da regularização de cada concessionária, indutores de uma melhora dos serviços prestados”, destacou o superintendente.

No processo de modernização da fiscalização, a parceria da ANEEL com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), firmada em 2017, foi fundamental para monitorar efetivamente todo o  sistema de transmissão pelo uso eficiente do sistema de satélites brasileiros.

A SFE tem acompanhado os registros de desligamentos das Linhas de Transmissão provocados por queimadas por meio do sistema SIPER (ONS) e recebido as informações de manutenções de faixas de servidão enviadas mensalmente.

O sistema de georreferenciamento via satélite fornecido pelo INPE permite identificar automaticamente as faixas sob as linhas onde são necessários cortes da vegetação e áreas que em que já foi realizada limpeza da faixa. Isso permitirá assertividade e, principalmente economia de recursos públicos, por evitar deslocamentos das equipes da ANEEL em áreas que passaram por manutenção.

A SFE acompanha esse monitoramento, por meio de imagens de satélite de alta e média resolução, emitindo alertas automáticos. Quando não há a manutenção da área da faixa de servidão, aumenta o risco de desligamento forçado em caso de queimada.

No ano passado, segundo dados do ONS, no período de julho a dezembro as queimadas foram a principal causa de desligamentos forçados de linhas de transmissão de energia. Confira no Gráfico abaixo:
 

 

Com a nova política de fiscalização, mês a mês vem sendo registrada uma tendência consistente de redução nos desligamentos forçados, causados por diferentes fatores. Confira no gráfico abaixo a diminuição de desligamentos no sistema de transmissão de junho de 2017 para setembro de 2018.

 

 

Além da fiscalização, a ANEEL realizou, durante a época da seca deste ano, quando os incêndios florestais são mais comuns, intensa campanha pública de conscientização diretamente nos canais de comunicação da ANEEL (site de Mídias sociais), mostrando a importância da redução de queimadas à sociedade. “O serviço público tem de buscar cada vez mais ser eficiente e efetivo em cumprir sua missão junto à sociedade, e essa tem sido a forma de atuar da ANEEL, afirmou o Diretor Sandoval Feitosa.”