LEILÃO

Leilão de energia garante investimento de R$ 11,2 bilhões

Certame contratou 91 empreendimentos em todas as regiões do Brasil

Pesquisar Noticias

Período de: a
Voltar

Acordo entre ANEEL e Apex-Brasil promove oportunidades de investimentos no setor de energia

SETOR ELÉTRICO

Acordo entre ANEEL e Apex-Brasil promove oportunidades de investimentos no setor de energia

Autor: AID

Publicação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataCriacao)

Última modificação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataModificacao)

 

Potencializar a atratividade do Brasil como destino estratégico para investimentos estrangeiros em projetos de energia é um dos principais objetivos do acordo de cooperação técnica assinado nesta quinta-feira (10/10) em São Paulo pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

A parceria prevê a dedicação de esforços mútuos para atrair capital estrangeiros para o setor de energia elétrica brasileiro por meio da realização de atividades relacionadas à inteligência, promoção e facilitação de investimentos. Investidores estrangeiros já presentes no país também serão apoiados por meio do trabalho conjunto da ANEEL e Apex-Brasil.

O acordo foi sacramentado pelo diretor-geral da ANEEL, André Pepitone, e pelo presidente da Apex-Brasil, Sergio Segovia, durante a 3ª edição do Brasil Investment Forum (BIF).



“O acordo vai impulsionar ainda mais os investimentos estrangeiros no setor elétrico, que já é um dos principais destinos do capital internacional no Brasil. Temos hoje, em geração, transmissão e distribuição, investidores espanhóis, italianos, franceses, portugueses, chineses, indianos, colombianos e de muitos outros países. A regulação segura e estável feita pela ANEEL favorece a atração desse capital. E agora, com a parceria com um órgão que tem excelência na promoção comercial do Brasil, como a Apex-Brasil, vamos buscar ainda mais recursos para o setor", comenta Pepitone.

“A parceria permitirá divulgarmos oportunidades para investidores estrangeiros de maneira estruturada e priorizada por fonte e mercado. Além disso, fortalecerá a imagem da Apex-Brasil como ponto de referência e fonte de informação para investidores estrangeiros que buscam negócios no Brasil”, acredita Segovia.

O acordo prevê fortalecer a expertise da ANEEL na promoção do reconhecimento sólido e transparente do marco regulatório do Brasil e a elaboração de estratégia coordenada com as embaixadas e escritórios internacionais da Apex-Brasil para fomentar a atração de investimentos no setor elétrico.

A atuação da ANEEL como órgão regulador foi recentemente reconhecida por uma das principais agências internacionais de avaliação de risco, a Standard & Poor´s, que produziu um relatório afirmando que a atuação firme e segura da ANEEL garante previsibilidade à regulação do setor elétrico brasileiro, assegurando a atração de investimentos.


Sobre o Brasil Investment Forum

O maior evento voltado à atração de investimentos na América Latina será realizado nos dias 10 e 11 de outubro em São Paulo. Organizado pelo governo brasileiro – por meio da Apex-Brasil, do Ministério das Relações Exteriores e do Ministério da Economia–, em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento, o Fórum de Investimentos Brasil (em inglês: Brasil Investment Forum) destacará oportunidades de investimentos em setores estratégicos da economia brasileira, como infraestrutura, energia, agronegócios, tecnologia e inovação. Esta será uma oportunidade única para discutir as melhorias no ambiente de negócios no Brasil.

São esperados para o BIF cerca de 1.500 participantes entre executivos de grandes empresas, formadores de opinião, representantes de alto escalão do governo, investidores estrangeiros e empresários brasileiros. Para se ter uma ideia da relevância do evento, na edição 2018 estiveram presentes convidados estrangeiros de mais de 48 países. Noventa por cento do público presente era oriundo do setor privado.

O Fórum foi inaugurado pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, e pelo Presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Sr. Luis Alberto Moreno. Também participam como palestrantes os Ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Paulo Guedes (Economia), Sérgio Moro (Justiça), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Tereza Cristina Dias (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) e Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia).