ANEEL lança nova edição da campanha de prevenção a incêndios

CAMPANHA

ANEEL lança nova edição da campanha de prevenção a incêndios

Nova campanha será iniciada este mês com o tema: Mais do que nunca, não é hora de faltar energia!

Pesquisar Noticias

Período de: a
Voltar

Aplicação de reajuste da Celpe (PE) é suspensa

TARIFAS

Aplicação de reajuste da Celpe (PE) é suspensa

Autor: AID

Publicação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataCriacao)

Última modificação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataModificacao)

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) decidiu suspender a aplicação do reajuste tarifário anual da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), que entraria em vigor a partir de amanhã (29/4), em função do atual cenário de pandemia da Covid-19 e conforme solicitação da própria distribuidora. Os novos índices foram aprovados nesta terça-feira pela Diretoria da ANEEL e entrarão em vigor somente a partir do dia 1º/7/2020.

As novas tarifas da Celpe, que atende a 3,75 milhões de unidades consumidoras, podem ser conferidas na tabela abaixo. 
 

Empresa

Consumidores residenciais - B1

Celpe

4,48%

 

Empresa

Classe de Consumo – Consumidores cativos

Baixa tensão em média

Alta tensão em média (indústrias)

Efeito Médio para o consumidor

Celpe

4,88%

5,93%

5,16%

 


Ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, a Agência considera a variação de custos associados à prestação do serviço, divididos em Parcela A (aquisição e transmissão de energia e os encargos setoriais) e Parcela B (custos gerenciados pela empresa para manter suas atividades).

No reajuste da Celpe, de acordo com análise da Agência, o índice foi impactado principalmente por componentes da Parcela A (custos de energia e transmissão), além da inclusão de componentes financeiros apurados no atual processo.

Veja no vídeo educativo abaixo a diferença entre os processos de Reajuste Tarifário Anual e de Revisão Tarifária Periódica, realizada a cada cinco anos (em média).
 


Mais informações sobre reajustes tarifários podem ser consultadas no endereço eletrônico www.aneel.gov.br/luz-na-tarifa.

O efeito médio da alta tensão refere-se às classes A1 (>= 230 kV), A2 (de 88 a 138 kV), A3 (69 kV) e A4 (de 2,3 a 25 kV). Para a baixa tensão, a média engloba as classes B1 (Residencial e subclasse residencial baixa renda); B2 (Rural: subclasses, como agropecuária, cooperativa de eletrificação rural, indústria rural, serviço público de irrigação rural); B3 (Industrial, comercial, serviços e outras atividades, poder público, serviço público e consumo próprio); e B4 (Iluminação pública).

 

 

 

Link curto para esta página: https://bit.ly/3f0lSqN