REGULAÇÃO

ANEEL abre consulta pública para regulamentar usinas híbridas

A Agência Nacional de Energia Elétrica abrirá nesta quarta-feira (21/10) a primeira fase da Consulta Pública 061/2020 para debater com a sociedade a normatização para o estabelecimento de usinas híbridas e associadas

Pesquisar Noticias

Período de: a
Voltar

ANEEL participa de debate internacional promovido pela AIE e OLADE

INTEGRAÇÃO

ANEEL participa de debate internacional promovido pela AIE e OLADE

Autor: AID

Publicação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataCriacao)

Última modificação: $dateTool.format($dataFormatada, $dataModificacao)

 

O presidente da Associação Ibero-americana de Entidades Reguladoras de Energia (ARIAE), André Pepitone, diretor-geral da ANEEL participou nesta quarta-feira (7/10) de mesa redonda ministerial realizada virtualmente pela Agência Internacional de Energia (AIE) e pela Organização Latino-Americana de Energia (Olade). O encontro teve o intuito de discutir perspectivas para definir agenda energética latino-americana na era pós Covid-19.

Participam também da mesa redonda o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, o diretor executivo da Agência Internacional de Energia, Fatih Birol, o Secretário Executivo da Olade, Alfonso Blanco, o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Maurício J. Claver-Carone, bem como ministros de Minas e Energia e autoridades do setor elétrico da Colômbia, Panamá, República Dominicana, Costa Rica, Equador, México, Argentina, Uruguai, Honduras, Belize, Guiana, Guatemala, Alemanha, Espanha, Japão, Estados Unidos, entre outros países.



Na cerimônia, Pepitone saudou todos os participantes do debate e destacou o papel dos reguladores no cenário atual. “Devemos facilitar a evolução do setor e eliminar as barreiras para o desenvolvimento tecnológico e demandas socioambientais, permitindo também o empoderamento do consumidor”. O presidente da ARIAE também argumentou sobre a agenda regulatória da América-Latina para o período pós-pandemia. “A agenda regulatória da região deve focar em resiliência, inovação regulatória e integração”, acrescentou Pepitone.

Foram discutidos também os impactos socioeconômicos da pandemia no setor de energia na América Latina, bem como as ações que estão sendo tomadas para mitigar esses impactos.

 

 

Link curto para esta página: bit.ly/3iEUGhN