REGULAÇÃO

Aprovada adequação dos Procedimentos de Rede à implementação do DESSEM

Autor: AID

Publicação: 03/12/2019 | 12:43

Última modificação: 03/12/2019 | 12:45

 

A diretoria da ANEEL aprovou, nesta terça-feira (3/12), ajustes nos submódulos dos Procedimentos de Rede devido à implementação do modelo computacional DESSEM no âmbito da programação diária da operação eletroenergética do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Tais ajustes foram discutidos na Audiência Pública 031/2019 e resultam da decisão do Ministério de Minas e Energia (MME) de implementar o preço horário em duas fases, por recomendação da Comissão Permanente para Análise de Metodologias e Programas Computacionais do Setor Elétrico (CPAMP).

Documentos elaborados pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) com participação dos agentes e aprovados pela ANEEL, os Procedimentos de Rede estabelecem metodologias e requisitos técnicos necessários ao planejamento, implantação, uso e operação do SIN, bem como as responsabilidades do próprio ONS e dos agentes.

Com a adequação, o Operador Nacional do Sistema (ONS) passa a adotar o modelo computacional DESSEM (Modelo de Despacho Hidrotérmico de Curtíssimo Prazo) no âmbito da programação diária da operação. O objetivo dessa ação é reduzir a assimetria de informação e promover ganhos de previsibilidade e de reprodutibilidade sobre a operação do SIN.

 

 

Link curto para esta página: http://bit.ly/362MBxH